//

Notícias > Lista de Notícias



Pestana critica política de repasses ao BNDES

09/04/2014

 

Durante votação da MP 628/13, que autoriza crédito de R$ 24 bi ao BNDES, o deputado afirmou que governo comete equívocos e que país necessita de reformas estruturais (Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados)


Apesar da obstrução pelos parlamentares da oposição, a Câmara dos Deputados aprovou ontem (08/04) a Medida Provisória 628/13, que autoriza a União a conceder crédito de R$ 24 bilhões ao BNDES. A medida foi duramente questionada pelo deputado federal Marcus Pestana, que subiu à tribuna para questionar a política do governo federal, envolvendo repasses ao BNDES. 
 
Segundo o parlamentar, há anos, Medidas Provisórias com conteúdo semelhante são aprovadas pelo Congresso. “Às vezes, a população não percebe brutais transferências de rendas. Em seis anos, já transferimos em recursos fiscais mais de R$ 400 bilhões para o BNDES, são quatro orçamentos do Ministério da Saúde, supostamente numa política anticíclica,” criticou. De acordo com o deputado, a política de empréstimo subsidiado do Programa de Sustentação do Investimento não resulta em aumento da taxa de investimento e nem no crescimento do PIB industrial.
 
Tal política do Governo Federal, segundo Pestana, é equivocada. “Estamos colocando preciosos recursos fiscais numa política de intervenção na economia de mercado para eleger supostos “campeões globais”. E isso deu em Eike Batista, mostrando a fragilidade dessa estratégia de desenvolvimento”, disse na tribuna. 
 
Marcus Pestana afirma que há alternativas, como realizar reformas estruturais ou, por exemplo, democratizar uma taxa de juros. Ele completa: “O governo tem um viés intervencionista e usa recursos que poderiam ser alocados na saúde, na educação, na infraestrutura, para subsidiar empréstimos”.
 
Veja pronunciamento do Deputado Marcus Pestana, na íntegra:
 

+ Veja mais