//

Notícias > Lista de Notícias



Participação na Sete Brasil expôs perigosamente a Petros, afirma Pestana

09/03/2016

 

Marcus Pestana chamou atenção para a situação crítica da Sete Brasil, que recebeu investimentos da Petros (Foto: Alexssandro Loyola/PSDB na Câmara)


A CPI dos Fundos de Pensão, na quinta (09/03), colheu o depoimento do presidente do Petros, Henrique Jäger, que admitiu um prejuízo de R$ 16 bilhões no fundo de previdência. É praticamente o dobro do que havia sido constatado em março do ano passado (R$ 8,114 bilhões).
 
O deputado Marcus Pestana alertou para a crítica situação da Sete Brasil, da qual a Petros é acionista. Conforme lembrou, o fundo de pensão investiu 1,5 bilhão em sua formação e questionou se a empresa é, em parte, responsável pelo prejuízo. Jäguer admitiu que a situação da Sete é delicada, mas afirmou que o prejuízo é decorrente da queda no valor de ações da carteira de investimentos do fundo e de outros fatores, como a correção do passivo do fundo pela inflação e a perspectiva de aumento real dos salários. Segundo ele, apesar disso, há recursos para pagar as aposentadorias dos funcionários da Petrobras.
 
Pestana afirmou, porém, que a participação do Petros na composição da Sete Brasil expôs perigosamente o fundo de pensão. “É uma coisa escandalosa o nível de exposição que colocaram a Petros e que a Lava Jato depois desvendou que a Sete que era um antro de corrupção. Parece-me o caso mais grave em que não houve uma avaliação sobre os riscos por parte da Petros, tanto que a Previ teve outro comportamento e não entrou nessa”, disse.
 
Em resposta a outro questionamento de Pestana, Jäguer disse nunca ter percebido tentativa de influência do PT – partido ao qual é filiado – na Petros, desde que assumiu a presidência. Efraim Filho rebateu dizendo que a razão era porque João Vaccari Neto, ex-tesoureiro do partido que fazia as negociatas na instituição, está preso.
 
>> Leia mais:
Presidente da Petros admite déficit de mais de R$ 16 bilhões no fundo de pensão (Agência Câmara)
 
 
Fonte: PSDB na Câmara (Reportagem: Djan Moreno)

+ Veja mais