//

Notícias > Lista de Notícias



Para Marcus Pestana, PT inverte distribuição de renda

13/05/2015

 

Marcus Pestana criticou medidas de ajuste fiscal do Governo Dilma: PT contra os trabalhadores (Foto: Alexssandro Loyola/PSDB na Câmara)


No plenário da Câmara, nesta quarta-feira (13/05), o deputado federal Marcus Pestana criticou a Medida Provisória 664/2014, de autoria do Governo Federal, que muda as regras de pensão por morte, impondo carências e tempo de recebimento conforme a faixa de idade do beneficiário. A medida faz parte do pacote de ajuste fiscal, entre corte de gastos e aumento de impostos, que o Governo tem proposto para organizar as contas.
 
Para Marcus Pestana, o PT trai os trabalhadores e permite insuflar a renda de mais ricos. “Temos o dever de derrotar essa medida que comete uma verdadeira inversão na distribuição de renda, tira dos mais pobres e trabalhadores e coloca num ajuste que só nasceu pelas trapalhadas dos Governos Lula e Dilma.”
 
Além de reprovar o ajuste proposto pelo Governo, Marcus Pestana também criticou o uso do instrumento Medida Provisória para realizar as mudanças: 
 
“As medidas provisórias exigem para sua admissibilidade os pressupostos da relevância e urgência. Essa é uma legislação de décadas atrás, será que o PT há 12 anos no poder descobriu agora que uma alteração é urgente?”
 
O deputado diz que o ideal é o governo abrir o diálogo com as entidades trabalhistas a fim de debater as distorções da legislação, evitando assim sacrificar os trabalhadores. 
 
“Se distorções forem identificadas vamos modernizar a gestão dos programas sociais. E junto com as centrais sindicais, com os trabalhadores e o Congresso, devia-se abrir uma mesa redonda e o Governo Dilma fazer o dever de casa. As centrais sindicais e os trabalhadores não são a favor de fraudes.”
 
Por fim, Marcus Pestana apontou contradição na iniciativa do Governo, que propõe a terceirização da atividade final das perícias médicas, conforme o parágrafo 5º do artigo 60 da MP 664/2014, sendo que se posicionou contra o Projeto da Terceirização (PL 4330/14) – votado há algumas semanas.
 
 “Aí é o premio Nobel da cara de pau. Fizeram aquela exposição inadequada difamando a maioria desse parlamento que aprovou a terceirização. E agora, sem pedir desculpas, sem fazer autocrítica, incluem aqui a terceirização da perícia médica.”
 
Assista ao pronunciamento:
 

 
Imagens: TV Câmara/Web

+ Veja mais