//

Notícias > Lista de Notícias



Ministério das Cidades aprova liberação de investimentos para saneamento em Minas Gerais

11/07/2017

 

Ministro das Cidades, Bruno Araújo, recebeu parlamentares tucanos de Minas Gerais (Foto: Assessoria Marcus Pestana)


Com a participação de deputados e senadores do PSDB de Minas Gerais, o ministro das Cidades, Bruno Araújo, assinou nesta terça-feira (11/07) uma portaria que concede à Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) autorização para captar mais de R$ 500 milhões para executar obras de saneamento em municípios mineiros. Os recursos serão levantados por meio de debêntures incentivadas - títulos de crédito que serão emitidos pela empresa com o objetivo de captar recursos para financiar os projetos de saneamento.
 
Com os recursos, a Copasa pretende executar pelo menos quatro empreendimentos em Minas: a ampliação do sistema de abastecimento de água na Região Metropolitana de Belo Horizonte, do município de Montes Claros, e a expansão do sistema de esgoto nas cidades de Divinópolis e Sabará.
 
Para o ministro Bruno Araújo, os recursos vão possibilitar ao estado minimizar a situação critica pela qual passam muitos municípios mineiros.
 
"Num esforço coletivo da bancada de Minas, nós tivemos a alegria de fazer a assinatura da portaria que autoriza a Copasa a fazer emissão de mais de R$ 500 milhões, meio bilhão de reais de recursos para serem investidos na área do estado de Minas Gerais. É um montante muito relevante. Ele se dá pela capacidade e importância da empresa, da construção de uma empresa das mais importantes do Brasil. Um processo acompanhado de perto  pela bancada de Minas Gerais", disse o ministro.
 
O deputado federal Marcus Pestana ressaltou a importância da participação do governo federal no processo, que vai permitir melhorias significativas nas cidades que serão beneficiadas com os projetos de saneamento.
 
"Com participação do governo federal, essa operação vai a mais de R$ 500 milhões em investimentos em várias áreas: Brumadinho, Divinópolis, região metropolitana, Sabará. Intervenções fundamentais na área de saneamento: água e tratamento de esgoto."
 
Durante o encontro, o senador Aécio Neves chamou atenção para o problema da falta de abastecimento no município de Montes Claros (MG), onde a população reclama que está sem água há pelo menos uma semana. Para o tucano, a portaria permitirá a solução de antigas demandas locais.
 
"Esses cerca de R$ 500 milhões que serão captados pela Copasa em razão da importância da empresa possibilitarão a ampliação de obras de abastecimento de água, seja na região metropolitana de Belo Horizonte ou em Montes Claros, que vive um problema hídrico já de muitos anos, e também obras de tratamento de esgoto nas regiões de Sabará e de Divinópolis, obras estruturantes cujos projetos se iniciaram no governo do hoje senador Anastasia", disse Aécio.
 
O ex-governador de Minas e senador Antonio Anastasia (PSDB-MG) agradeceu o apoio e lembrou que tais demandas, fundamentais para o atendimento a áreas críticas, foram feitas por governos do PSDB.
 
"São projetos que remontam ainda ao nosso tempo no governo, fundamentais para a questão do saneamento em áreas críticas. Sabemos a dificuldade que há hoje em questão de abastecimento de água das regiões metropolitanas. O investimento é extremamente importante. E a Copasa é uma empresa exemplo, e ela certamente terá, com a autorização do governo federal para emitir as debêntures, os recursos necessários para colocar essas obras avante em prol dos mineiros."
 
Fonte: PSDB.org.br

+ Veja mais