//

Notícias > Lista de Notícias



Marcus Pestana questiona coincidência de aplicações dos fundos de pensão

20/08/2015

 

CPI dos Fundos de Pensão ouviu quatro representantes das associações de fundos de pensão (Foto: Antonio Augusto/Câmara dos Deputados)


Na reunião desta quinta (20/08), na CPI dos Fundos de Pensão, o deputado Marcus Pestana questionou a coincidência de decisões de investimentos entre os diversos fundos e a qualidade do processo decisório dentro das gestões, que optaram por aplicações de alto risco e, talvez, atropelando ritos de decisão.  
 
A CPI colheu depoimentos de representantes de associações ligadas aos pensionistas: Luiz Alberto Menezes Barreto, presidente da Associação dos Profissionais dos Correios, Cláudia Muinhos Ricaldoni, presidente da Associação Nacional dos Participantes de Fundos de Pensão, Jairo Pedro Ferreira, presidente da Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal, e Antônio Augusto de Miranda, presidente do Grupo Aliança.
 
“É impressionante a convergência de investimentos, salta aos olhos. E não são investimentos de qualidade, alguns estão 100% lançados como perdas nos balanços dos fundos,” disse o parlamentar.
 
Marcus Pestana citou os investimentos da Petros, Postalis e Serpros na usina Canabrava, reportados pela Revista Exame. “Eu queria entender como, de repende, num péssimo momento do setor de açúcar e álcool, a Petros, Postalis e Serpros investem R$375 milhões num empreendimento como a Canabrava, que hoje é prejuízo total aos fundos. Se fosse na Embraer, por exemplo, todos entediamos, mas na Canabrava, num momento controverso, e quando 40 usinas quebraram, é incompreesível.”
 
O deputado elencou também investimentos feitos pelo Postalis em títulos de bancos liquidados, como Cruzeiro do Sul e BVA, e investimentos atrelados à dívida de países com problemas, incluindo Argentina e Venezuela.
 
“Como, de repente, é possível comprar título de dívidas argentinas e venezuelanas? É o contrário dos fundos europeus e norte americanos, que exigem grau de investimento,” questionou.
 
Por fim, lembrou que “a qualidade das instituições e do processo institucional é tudo num país.” 
 
>> Leia mais: Representante de funcionários critica diretoria do fundo de pensão dos Correios.
 
>> Assista a trecho da participação do deputado na CPI dos Fundos de Pensão:
 


Imagens: TV Câmara

+ Veja mais