//

Notícias > Lista de Notícias



Marcus Pestana entre os mais influentes do Congresso, segundo Diap

04/09/2017

 

Marcus Pestana integra seleta lista dos 'cabeças' do Congresso (Foto: Alexssandro Loyola/PSDB na Câmara)


O deputado federal Marcus Pestana está, mais uma vez, entre os 100 mais influentes da lista dos "cabeças" do Congresso, segundo estudo do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), que divulgou a 24ª edição do levantamento.
 
Em 2015 e 2016, Pestana também integrou a lista. Desta vez, o mineiro se destaca por ser um "formulador", perfil descrito como sendo o de "parlamentares que se dedicam à elaboração de textos com propostas para deliberação. São, certamente, os parlamentares mais produtivos", diz o texto do estudo.
 
O PSDB é o o 3º partido com mais nomes entre os 27 com representação no Parlamento. São 13 parlamentares tucanos: oito senadores e cinco deputados. No estudo, o PSDB é definido como partido “com grande capacidade de formulação”.
 
Na definição do Diap, os “cabeças” são aqueles parlamentares que conseguem se diferenciar dos demais pelo exercício de todas ou algumas das qualidades e habilidades descritas na publicação, como a capacidade de conduzir debates, facilidade para conceber ideias, constituir posições, elaborar propostas e projetá-las para o centro do debate.
 
Além de Marcus Pestana, estão presentes na lista o líder do PSDB na Câmara, deputado Ricardo Tripoli (SP), os deputados Carlos Sampaio (SP), Luiz Carlos Hauly (PR), e Paulo Abi-Ackel (MG). Pelo Senado, Aécio Neves (MG), Antonio Anastasia (MG), Cássio Cunha Lima (PB), Flexa Ribeiro (PA), José Serra (SP), Paulo Bauer (SC), Ricardo Ferraço (ES) e Tasso Jeressati (CE).
 
A pesquisa inclui apenas os parlamentares que estavam no efetivo exercício do mandato no período de avaliação, correspondente ao período de fevereiro a julho de 2017. Assim, quem esteve ou está licenciado do mandato, mesmo influente, não faz parte da publicação, como ministros de Estado.
 
>> Confira o levantamento do Diap na íntegra.
 
 
Com informações do PSDB na Câmara

+ Veja mais