//

Notícias > Lista de Notícias



Anastasia entrega obras na área de saúde para a Zona da Mata

10/02/2014

 

Governador Anastasia inaugurou Central da Rede de Urgência e anunciou novos projetos para a região (Foto: Gil Leonardi/Imprensa MG)


A Zona da Mata, com cerca de 1,6 milhão de habitantes de 96 municípios, passa a ter um atendimento à saúde com mais qualidade e agilidade. No dia 8 de fevereiro, o governador Antonio Anastasia esteve em Juiz de Fora, e inaugurou a Central Operativa da Rede de Urgência e Emergência Macro Sudeste e as obras de expansão do Hospital Maternidade Therezinha de Jesus, além de entregar 39 ambulâncias.
 
“Vamos ter esse atendimento de urgência formado, não só pelo Samu, que inicia os trabalhos imediatamente, mas por uma retaguarda de hospitais não só aqui, em Juiz de Fora, mas em toda região para atender os casos de emergência e urgência. É um projeto importante. Minas Gerais é o pioneiro nesse projeto no Brasil”, destacou Anastasia.
 
O governador também autorizou a licitação do Programa de Recuperação e Manutenção Rodoviária do Estado de Minas Gerais (ProMG) para a 30ª Coordenadoria Regional do Departamento de Estradas de Rodagem (DER). O programa prevê a recuperação e manutenção de 566,8 quilômetros de rodovias estaduais pavimentadas sob responsabilidade do Estado, na região de Juiz de Fora. Anastasia inaugurou, ainda, uma unidade da Universidade Aberta Integrada de Minas Gerais (Uaitec).
 
Central Operativa
 
O investimento para a implantação da Central Operativa da Rede de Urgência e Emergência Macro Sudeste foi de R$ 12,4 milhões, recursos do Governo de Minas aplicados na construção da Central, que também é sede do Samu Regional, compra de materiais, equipamentos e capacitação de equipes. A Central é uma estrutura física onde irão trabalhar profissionais (médicos, telefonistas auxiliares de regulação médica e rádio operadores) capacitados em regulação dos chamados telefônicos que demandam orientação e atendimento de urgência, por meio de uma classificação e priorização da necessidade de assistência em urgência, além de ordenar o fluxo efetivo das referências dentro de uma rede de atenção.
 
O prefeito de Juiz de Fora, Bruno Siqueira, afirmou que os investimentos irão proporcionar uma nova fase na prestação dos serviços públicos na área de saúde na região. “Hoje é um dia de grande festa na nossa cidade e na Zona da Mata. O governador Antonio Anastasia, com sua visão e trabalho seríssimo que desenvolve no nosso Estado, está nos brindando com uma excepcional obra. Estamos inaugurando uma nova era, uma nova etapa na saúde pública de nosso município e da nossa região”, disse o prefeito.
 
Os recursos do Estado também foram aplicados na montagem de 29 bases descentralizadas da Rede. As bases estão localizadas em 26 municípios: Além Paraíba, Andrelândia, Astolfo Dutra, Bicas, Bom Jardim de Minas, Carangola, Cataguases, Ervália, Espera Feliz, Fervedouro, Goianá, Juiz de Fora (quatro bases), Laranjal, Leopoldina, Lima Duarte, Matias Barbosa, Miraí, Muriaé, Patrocínio do Muriaé, Rio Pomba, Rio Preto, Santos Dumont, São João Nepomuceno, Senador Firmino, Ubá e Visconde do Rio Branco.
 
As 39 ambulâncias do Samu entregues serão distribuídas para as bases. Oito são unidades de suporte avançado, contando com um médico, um enfermeiro e o motorista. As outras 31 são unidades de suporte básico, integradas por um técnico de enfermagem e o motorista.
 
As unidades de suporte avançado vão para os municípios de Carangola, Juiz de Fora (duas unidades), Leopoldina, Lima Duarte, Muriaé, Santos Dumont e Ubá. À exceção de Juiz de Fora que contará com seis, cada uma das 26 cidades com base descentralizada terá uma unidade de suporte básico.
 
Antonio Anastasia ressaltou a importância da política estadual de urgência e emergência implantada em Minas, destacando a mudança que ocorreu, a partir de 2009, no atendimento à população de municípios menores, quando o governo do Estado iniciou a implantação das redes regionais de urgência e emergência. “Os pequenos municípios passam a ter atendimento imediato por meio do Samu. Temos uma melhor qualidade e muito mais rapidez no atendimento. Sabemos que a rapidez, no caso de saúde, pode ser decisivo”, disse.
 
Therezinha de Jesus
 
O Governo de Minas investiu R$ 3 milhões na ampliação do hospital. Foi construído um novo andar, onde irão funcionar 20 leitos de UTI adulto (tratamento de trauma e AVC), dez leitos de UTI neonatal e 100 de enfermarias. Outros R$ 2 milhões foram investidos na aquisição de materiais para as UTIs adulto.
 
De 2003 a 2013, o Governo de Minas investiu R$ 14,1 milhões no Hospital Maternidade Therezinha de Jesus, recursos que foram aplicados em obras e custeio. O hospital é 100% SUS. Entidade beneficente, sem fins lucrativos, de esfera administrativa privada e gestão municipal, é hospital geral. Presta atendimento ambulatorial e hospitalar de média complexidade, internação, Serviço de Apoio à Diagnose e Terapia, urgência e atendimento por demanda espontânea e referenciada em clínica médica, cirúrgica, cardiologia, neurocirurgia, ortopedia, ginecologia, obstetrícia e pediatria.
 
ProMG
 
O Programa de Recuperação e Manutenção Rodoviária do Estado de Minas Gerais (ProMG), do Governo de Minas, irá atuar na recuperação e manutenção de 566,80 quilômetros de rodovias estaduais pavimentadas sob responsabilidade da 30ª Coordenadoria Regional do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), sediada em Juiz de Fora. Serão investidos R$ 140 milhões durante quatro anos.
 
Dos 29.319 quilômetros da malha rodoviária pavimentada em Minas, 20.849 quilômetros estão sob responsabilidade estadual. Os investimentos autorizados têm recursos garantidos, não apenas para o início, mas para a todo o período de contrato.
 
O ProMG já investiu cerca de R$ 1,8 bilhão desde 2006, com a recuperação de 8.420 quilômetros de rodovias pavimentadas. O programa é reconhecido pelo Banco Mundial pela qualidade dos serviços prestados, filosofia e volume de obras realizadas. O resultado deste reconhecimento funciona como a certificação que vem credenciando o Governo de Minas a obter mais investimentos para a infraestrutura logística mineira.
 
Uaitec
 
Um dos atrativos da unidade da Uaitec, em Juiz de Fora, será oferecer cursos de graduação tecnológica e um cardápio de outros cursos das melhores universidades do mundo como MIT, Berkeley e Stanford, graças a um convênio firmado entre o Governo do Estado e o Instituto Veduca, empresa de tecnologia voltada para a educação.
 
O Veduca, parceiro da Uaitec nessa modalidade, disponibilizará por meio de um site, vídeos com aulas realizadas naquelas universidades estadunidenses e também na USP, Unicamp e UnB. Cursos em inglês foram customizados para atender também o público que não domina o idioma, com legendas em português. Serão ofertados 54 cursos de diversas áreas do conhecimento.
 
Fonte: Agência Minas

+ Veja mais